As reações de Ministro do Desporto e Presidente turcos ao sucedido no PSG-Basaksehir

As reações de Ministro do Desporto e Presidente turcos ao sucedido no PSG-Basaksehir

Jogo foi interrompido por alegados insultos racistas a Pierre Webo, adjunto do Basaksehir.

Tanto o Presidente como o Ministro da Juventude e do Desporto turcos já reagiram ao sucedido no PSG-Basaksehir, interrompido devido a acusações do clube turco de racismo por parte do quarto árbitro.

"O racismo é um crime contra a humanidade! Estamos com o nosso representante Basaksehir", escreveu o ministro Mehmet Kasapoglu.

"Condeno veementemente as observações racistas feitas contra Pierre Webo, um membro da equipa técnica do Basaksehir, e acredito que a UEFA irá tomar as medidas necessárias. Somos incondicionalmente contra o racismo e a discriminação no desporto e em todas as áreas da vida", escreveu o presidente Erdogan.