Sevilha anuncia saída de Lopetegui depois de mais uma noite de pesadelo

Lopetegui disse adeus ao Sevilha

 foto AFP

Equipa espanhola foi goleada (1-4) em casa pelo Dortmund, na terceira ronda da Champions e anunciou a saída do técnico.

Foi uma noite difícil aquela que o Sevilha viveu esta quarta-feira. A formação espanhola voltou a ser goleada em casa para a Champions, agora pelo Dortmund (1-4), e o clube anunciou a saída do técnico, que em Portugal orientou o FC Porto.

"O Sevilha demitiu Julen Lopetegui como treinador da primeira equipa, uma vez terminado o jogo que desta quarta-feira com o Borussia Dortmund. Lopetegui encerra uma etapa vitoriosa, com três magníficas campanhas, nas quais foram alcançados os objetivos, e uma quarta na qual os resultados não corresponderam, somando o Sevilha cinco pontos em 21 possíveis no campeonato", pode ler-se.

"Lopetegui ficará para sempre na história do Sevilha", continua o comunicado, referindo-se à conquista da Liga Europa em 2019/20.

Na Champions, o Sevilha soma um ponto em três jogos no Grupo G, uma campanha que começou com um pesado desaire caseiro (0-4) frente ao Manchester City.

Após o encontro com o Dortmund, Lopetegui admitiu a saída, quando confrontado com a questão. "Sim. Não sei como funciona isso, mas branco e numa garrafa, é leite. Seguramente que amanhã não sou treinador do Sevilha", disse.

Jorge Sampaoli já é apontado pela imprensa espanhola como o provável sucessor.