Futre pediu autógrafo a Messi: "Só houve dois canhotos muito melhores que eu"

Futre pediu autógrafo a Messi: "Só houve dois canhotos muito melhores que eu"
Redação

Antigo craque português parou o argentino no relvado, antes do jogo começar

Depois de Maradona, Messi. Paulo Futre parou o argentino do PSG quando voltava ao balneário após o aquecimento, na Luz, e pediu-lhe um autógrafo, confessando depois, nas redes sociais, que foi o segundo que pediu, depois de fazer o mesmo com El Pibe. E o autógrafo foi numa camisola do Atlético de Madrid com o seu nome nas costas.

"Modéstia à parte, só vi dois canhotos que pareceram muito melhores do que eu. Os dois argentinos. Diego Maradona foi o único jogador a quem pedi um autógrafo para mim, quando jogámos juntos na seleção do mundo em 1987. Hoje pedi a Leo Messi o segundo", justificou Paulo Futre, que estava no relvado a comentar para a CNN Portugal.