Mourinho: "Ultrapassado? Com tantas vitórias, parecendo um ciclo, pessoas podem dizê-lo"

Mourinho: "Ultrapassado? Com tantas vitórias, parecendo um ciclo, pessoas podem dizê-lo"
Redação

Técnico da Roma expressa-se tranquilo quanto à renovação geracional de treinadores e garante que o fim da notável carreira apenas será determinado por vontade própria

Rotulado, esporadicamente, como ultrapassado para o futebol moderno, face ao rígido estilo de jogo e ao menor sucesso, José Mourinho admitiu a crítica, dada a história feita na Europa, mas desvalorizou-a ao frisar que extravasou expectativas na carreira

"As pessoas habituaram-se a ver-me em clubes onde se pensava que eu podia ganhar títulos, mas onde não era esperado que os ganhasse. Quando se tem uma carreira com tantas vitórias, ao ponto de parecer um ciclo, isso é algo esperado, as pessoas podem dizê-lo", afirmou o técnico da Roma, citado pelo jornal britânico "Mirror".

Demitido do Chelsea em 2016, do Manchester United em 2019 e do Tottenham em 2021, Mourinho, pese esses reveses, expressa-se tranquilo quanto à renovação geracional de técnicos ao salientar que apenas qualidade e desejo são os critérios tidos em conta.

"Pessoalmente não estou preocupado [se sou substituído pelos mais jovens]. Não penso nem me foco em gerações, foco-me em qualidade, honestamente. É uma questão de motivação e de paixão. Sem isso estás acabado, sem pressão nos jogos grandes estás acabado. Conheço-me muito bem", referiu o técnico giallorossi.

O treinador da Roma, que se prepara para disputar a quinta final europeia - na Conference League, diante do Feyenoord, sublinhou, por fim, que o fim da carreira está longe de acontecer e que será determinado só por vontade própria.

"Nós, treinadores, é que vamos escolher quando queremos parar. Temo que as pessoas tenham de esperar muito tempo até eu parar", rematou Mourinho, que cumpre a primeira temporada na Roma, clube no qual admitiu "ficar mais 11 anos".