Mourinho: "Ter cinco jogadores desta qualidade por sete milhões de euros, só posso aplaudir"

Mourinho: "Ter cinco jogadores desta qualidade por sete milhões de euros, só posso aplaudir"
Redação com Lusa

Declarações do treinador português da Roma na sua primeira conferência de imprensa da época, antes de visitar no domingo a Salernitana, na primeira jornada do campeonato.

O treinador português José Mourinho aplaudiu este sábado o trabalho da Roma no mercado de transferências, embora se recuse a fazer da sua equipa candidata ao "scudetto" na Série A.

"Ter cinco jogadores desta qualidade por sete milhões de euros, só posso aplaudir", disse o técnico português na sua primeira conferência de imprensa da época e antes de a Roma visitar no domingo a Salernitana, na primeira jornada do campeonato.

Os romanos, que contam no plantel com o português Rui Patrício, reforçaram-se, a custo zero, com os sérvios Nemanja Matic (ex-Manchester United) e Mile Svilar (ex-Benfica) e com o argentino Paulo Dybala (ex-Juventus).

Por empréstimo do PSG contam também com o neerlandês Wijnaldum, e o internacional turco Zeki Celik chega do Lille por sete milhões de euros.

"Apenas o Lecce e a Sampdória gastaram menos do que nós [na Série A}. A Lazio gastou 39 milhões de euros", sublinhou Mourinho.

Ainda assim, o treinador lamentou as saídas de Henrikh Mkhitaryan, para o Inter de Milão, e de Jordan Veretout, para o Marselha, que faziam parte de um grupo de 12/13 mais utilizados nos romanos.

"Estou satisfeito, mas se me perguntarem se precisava de mais para ter mais possibilidades, de forma a evitar a imprevisibilidade da época, então, sim, precisava", acrescentou.

Mourinho explicou que a Roma melhorou o plantel, mas que os outros também o fizeram, razão pela qual o surpreende que coloquem a sua equipa entre os candidatos ao título.

"Parece que se está a vender um produto que não é real, ao mencionarem que somos candidatos ao título", defendeu, não deixando, no entanto, de dizer que pretende fazer melhor do que o sexto lugar da última época.