Mourinho refuta vaga de lesões no Liverpool e aponta à vitória na "cimeira de líderes"

Mourinho refuta vaga de lesões no Liverpool e aponta à vitória na "cimeira de líderes"

Tottenham desloca-se a Anfield Road para discutir a liderança da Premier League. Duas equipas estão igualadas com 25 pontos

José Mourinho refutou, esta terça-feira, em antevisão ao jogo de cartaz da Premier League entre Tottenham e Liverpool, uma eventual vaga de lesões na equipa de Jurgen Kloop e, em forma de argumentação, enumerou uma série de jogadores disponíveis nos reds.

"Eu penso que o Alisson não está lesionado. Alexander-Arnold não está lesionado. O Matip, acho que vai jogar. O Fabinho não está lesionado. O Robertson não está lesionado. O Henderson não está lesionado. O Wijnaldum não está lesionado. O Salah não está lesionado. O Firmino não está lesionado. O Mané não está lesionado. Então, onde estão as lesões? Existem lesões normais, é normal. James Milner está lesionado, Lamela está lesionado e todos os clubes sofrem lesões de vez em quando", referiu o técnico dos spurs, admitindo que os reds têm uma ausência considerável.

"O Liverpool tem uma lesão grave, que é Van Dijk. É um grande jogador, com certeza. Mas deem-me a lista de lesionados do Liverpool e comparem essa lista de lesões com o que é a melhor equipa do Liverpool", insistiu José Mourinho, perante os jornalistas britânicos.

O técnico português apresentou depois, em jeito de ironia, a lista de jogadores lesionados dos spurs. "Posso dar-vos a lista de lesões no Tottenham. Temos dois miúdos dos sub-16 com lesões, outros dois nos sub-21 e três nos sub-23. Temos o Lamela e o Tanganga. E aí têm a lista. Mas o Lloris está lesionado? Não. O Alderweireld? Não. O Dier? Não. O Reguilón? Não. O Harry Kane? Não. O Son? Não. O Lucas? Não", atirou.

Para a "cimeira de líderes" da 13.ª jornada da Premier League, que opõe Tottenham e Liverpool, os dois líderes igualados do campeonato (ambos com 25 pontos), Mourinho garantiu que vai a Anfield Road com a mesma mentalidade.

«Vamos lá para tentar ganhar o jogo, é a forma como pensamos esta época. Não se trata de estar no topo da tabela ou não, é apenas sobre irmos lá e tentar ganhar. Se não ganharmos e a responsabilidade for do Liverpool, ótimo», expressou o treinador.