"Adoro Inglaterra, adoro o futebol que se joga"

"Adoro Inglaterra, adoro o futebol que se joga"

Treinador português diz estar "aberto a qualquer clube, a qualquer seleção". A preferência é, contudo, permanecer em Inglaterra.

José Mourinho reiterou sábado à noite, numa tertúlia organizada pela Sky Sports, durante um combate de boxe, aquilo que vem assegurando nos últimos meses, ou seja que não tem compromisso assumido com nenhum emblema.

"Não tenho compromisso com ninguém. Estou aberto a qualquer clube, a qualquer seleção. Para ser honesto, devo dizer que gostaria de treinar num clube. Mas ainda estou a pensar e a analisar o que será melhor para a minha carreira", garantia o treinador português, durante o combate entre Anthony Joshua e Charles Martin.

Além de se mostrar disponível para trabalhar, Mourinho negou as informações que o dão como certo no banco de Old Trafford na próxima época. "Reportagens são reportagens. E por agora decidi não confirmar nem negar nada do que publicam. Mas devo dizer que se alguém tem respeito por Louis van Gaal, provavelmente um dos primeiros sou eu porque Louis é meu amigo e porque trabalhei com ele durante anos", frisou. "O meu nome surge associado a muitas equipas, mas estamos em abril e começa tudo em julho. Então, no verão, já terei emprego".

Apesar de não ter nada definido, como garante, José Mourinho reconhece que a sua preferência é permanecer em Inglaterra. "Adoro o país, adoro o futebol que se joga cá. A minha família está muito bem e contente cá e, se for possível, a minha primeira opção será continuar em Inglaterra", finalizou o antigo treinador do Chelsea.