Mourinho lança "farpa" à arbitragem, fala da covid-19 e atira: "Não gostei"

Mourinho lança "farpa" à arbitragem, fala da covid-19 e atira: "Não gostei"

Tottenham entrou a perder - frente ao Everton - na Premier League 2020/21.

O Tottenham, orientado pelo português José Mourinho, perdeu este domingo frente ao Everton, por 1-0, em jogo da primeira jornada da Premier League 2020/21.

Após o encontro, o treinador dos "spurs" foi contundente na análise à exibição da sua equipa, falou sobre a influência da covid-19 na preparação dos londrinos e ainda lançou uma alfinetada à atuação da equipa de arbitragem no encontro.

"Não gostei. Não gostei da minha equipa. Não gostei que a equipa de arbitragem permita que o um livre seja cobrado cinco metros à frente do sítio certo. Isso cria oportunidades diferentes. Posso queixar-me agora porque estava a queixar-me depois do golo", começou por atirar Mourinho, prosseguindo:

"Fomos fracos após o golo. Não estávamos bem fisicamente e faltou intensidade. Tivemos casos positivos de covid-19, não vou revelar quem. Tivemos jogadores em quarentena por terem estado próximos de jogadores infetados. Um jogador esteve isolado após as férias. Tivemos jogadores nas seleções. Foi uma pré-época difícil e não podíamos estar à espera de ter os jogadores em pleno, mas esperava mais individualmente e do coletivo", acrescentou o "Special One", que, no final, assumiu responsabilidade pela derrota, lançado um "pedido" à Direção do Tottenham:

"Precisamos de um ponta de lança e não é porque perdemos o jogo", finalizou.