Mourinho e um episódio no FC Porto: "Saiu o United e ele começou aos pulos..."

Mourinho e um episódio no FC Porto: "Saiu o United e ele começou aos pulos..."

Vítor Baía recordou momentos de José Mourinho no FC Porto

José Mourinho está inevitavelmente na história do FC Porto, tendo conquistado uma Taça UEFA e uma Liga dos Campeões entre muitos outros troféus, e Vítor Baía, uma das figuras desse "FC Porto de Mourinho", em declarações ao portal "The Athletic", elogiou o treinador e recordou um episódio engraçado.

"José Mourinho escreveu um dos capítulos mais bonitos da história do FC Porto. Ele elevou o nível e a qualidade do nosso jogo. Elevou bastante, na verdade. Tudo é possível quando juntas uma boa estrutura, uma liderança forte ao nível da direção e um treinador jovem, que quer ser o melhor do mundo", começou por dizer o antigo guarda-redes.

"E também fomos uma equipa cheia de qualidade, unida pela amizade. Desde o primeiro momento ele fez-nos acreditar que podíamos ganhar tudo. Tinha convicções fortes e expressava-as numa linguagem completamente própria. Era uma mensagem simples, mas muito assertiva. À medida que as competições iam avançando, começámos a sentir uma enorme confiança em nós mesmos. Nós pensávamos que éramos os melhores da Europa, posição por posição. Ele fez-nos pensar que tudo era possível, mesmo contra equipas com mais dinheiro. Tudo o que precisávamos era fazer o nosso trabalho com a qualidade e o esforço certos", continuou, para depois recordar o melhor momento vivido com Mourinho.

"O melhor momento foi o sorteio. Quando o nome do Manchester United saiu [como adversário dos dragões nos oitavos de final da Liga dos Campeões 2004], ele começou a bater palmas e aos pulos. Ele disse-nos «Finalmente temos um adversário que está ao nosso nível. Finalmente, poderemos ter a certeza que estamos no caminho certo. E vamos eliminá-los». Foi o momento em que todos tiveram o clique na Liga dos Campeões, com essa abordagem. Ele transmitiu-nos um sentimento de tranquilidade", explicou.

"José Mourinho faz parte da história do FC Porto. É indiscutível. Ele é uma das principais figuras da história do clube: por tudo o que ganhou, por toda a sua força, por tudo o que representa. Honestamente, ele é uma pessoa muito especial. Para mim, ele vai ser sempre um dos três melhores treinadores do mundo", concluiu Vítor Baía.