Mourinho e as pressões de um treinador: "Tornas-te num animal solitário"

Mourinho e as pressões de um treinador: "Tornas-te num animal solitário"

José Mourinho pôs no papel, na sua coluna de opinião no "The Sun", as dificuldades de um treinador em solidariedade com o selecionador da Inglaterra.

Se há assuntos que José Mourinho conhece bem e na pele, é a pressão. E foi em torno disto a sua reflexão na coluna de opinião no jornal inglês "The Sun", que mantém, apesar de ter assumido o comando técnica da Roma, em nova aventura no 'calcio'. Inspirado pela empreitada em que está Gareth Southgate, selecionador da Inglaterra, o treinador português escreveu uma série de considerações sobre a classe.

"Para um treinador que enfrenta uma semana como a que ele [ Southgate] teve, a pressão está em todo o lado. Tornas-te num animal solitário. Não socializas, não andas na rua, não vais às compras, não lês nada, não vês televisão, nem ouves programas de desporto no carro", estas são as linhas que dão o mote ao seu comentário que revela alguns truques para se preservar de estímulos distratores.

"Tens dois telefones. Um deles desligas nestes momentos. O que manténs ligado é apenas para a tua família e amigos, para os que não vão falar de futebol contigo". O problema de uma figura pública não se resolve assim, pois está sujeito a vários pedidos...ou melhor, pressões de estranhos.

"Vais a uma bomba de gasolina e alguém diz-te. 'Joga com este ou com aquele'. E tu pensas: 'Deixa-me em paz'", desabafou, aproveitando para elogiar o que Southagate tem feito na seleção da Inglaterra, tal como fizera esta noite Harry Kane, após a goleada à Ucrânia.

"Está a demonstrar personalidade, capacidade para lidar com toda esta pressão sobre a seleção de Inglaterra", concluiu.