Mourinho e a primeira queda na Roma: "Preciso de algumas horas..."

Mourinho e a primeira queda na Roma: "Preciso de algumas horas..."
Redação

Formação giallorossi, que ainda não havia perdido nesta temporada, desperdiçou a chance de ascender, à condição, ao topo da classificação da Serie A

Perdido o estatuto de invicto nesta época, José Mourinho, treinador da Roma, equipa batida pelo Verona na quinta jornada da Serie A, justificou a primeira derrota com os erros de abordagem a defender e a atacar e falta de segurança em casos de aperto.

"Não interpretámos bem algumas situações. O Zaniolo deveria descer mais e proteger o Karsdorp. Abusámos das bolas longas [para o ataque] e temos que lidar melhor com momentos difíceis, nem sempre podemos estar no controlo do jogo", referiu.

Além disso, Mourinho, que enalteceu, porém, a entrega dos giallorossi, denotou a perda avultada de confrontos diretos, a menor intensidade em campo em comparação com o Verona e reconheceu que necessita de rever o encontro para melhor perceção.

"Esforçámo-nos, disso não reclami, mas perdemos muitos duelos individuais e o Hellas teve mais intensidade. O estilo do [Igor] Tudor é muito parecido ao que o Hellas apresentou na época passada com Juric. Os jogadores não tiveram dificuldades em adaptar-se. Marcaram os três golos longe do meu banco, por isso não sei detalhes. Vou precisar de algumas horas a ver vídeos para descobrir o que aconteceu", acrescentou.

A Roma, orientada por José Mourinho, sofreu, no passado domingo, a primeira derrota em jogos oficiais nesta temporada, ao perder, por 3-2, diante do anfitrião Hellas Verona, tendo falhado a oportunidade de ascender isolado, à condição, ao topo da Serie A.