Mourinho ao leme da Seleção? Esta foi a resposta do treinador

Mourinho ao leme da Seleção? Esta foi a resposta do treinador

Em entrevista à GQ, o "Special One" falou das expectativas para o Mundial'2018 e foi confrontado com a hipótese de assumir o comando da Seleção Nacional no futuro próximo.

José Mourinho aguarda com expectativa o início do campeonato do Mundo, competição que continua a ver como "especial", apesar de toda a oferta futebolística que há ao longo do ano. O treinador do Manchester United vê Portugal com hipóteses de levar a cabo uma boa campanha em solo russo e, quando questionado sobre a possibilidade de assumir o comando da Seleção Nacional num futuro próximo, chutou para canto.

"Não estou cansado, de todo. Acho que ser treinador de um clube é o meu trabalho. Preciso de ter jogos todas as semanas e de treinar todos os dias. Acho que ainda estou mais longe de estar cansado do que há uns anos", explicou o "Special One", que já admitiu a hipótese de, um dia, vir a orientar a equipa das quinas. Sobre os favoritos a levantarem o troféu em Moscovo no dia 15 de julho, Mourinho destaca quatro seleções:

"Jogadores como Ronaldo e Messi são tão bons que podem tornar as equipas deles ainda melhores do que são na teoria. Por isso, acho que Portugal e Argentina vão dar-se bem. Há também o Brasil, com Tite, que está muito bem a nível tático e defensivo e mantém aquele talento natural brasileiro. Há que tê-los em conta. E Espanha, que esteve muito bem na qualificação. Tem um misto de experiência com jogadores jovens, de qualidade. Mas nunca se sabe... Pode sempre haver uma surpresa no Mundial", acrescentou o treinador português, em entrevista à revista GQ.