Lingard recorda os FaceTime de Mourinho: "Mostrou o quanto ele se preocupava..."

Lingard recorda os FaceTime de Mourinho: "Mostrou o quanto ele se preocupava..."
Redação

Internacional britânico em longa entrevista concedida ao "The Players Tribune".

Jesse Lingard, em longa entrevista concedida ao "The Players Tribune", falou sobre a relação com José Mourinho, nos tempos do Manchester United. O internacional britânico destaca a preocupação do treinador para com os seus jogadores.

"Ele gostava de ter uma ligação pessoal com os seus jogadores. Às vezes, olhava para o meu telemóvel e recebia um FaceTime [videochamada] dele. Do nada, apenas para saber [de nós]. Ele telefonava e dizia: "Olá Jesse, o que estás a fazer?"", começou por contar.

"Eu respondia: "Apenas a relaxar, ver televisão... [silêncio estranho] O que está a fazer?" [Risos]. Achei engraçado. E, para ser justo, isso mostrou o quanto ele se preocupava connosco", continuou, antes revelar como o agora treinador da Roma lidava com as lesões dos futebolistas.

"Mas, em termos de lesões, sim, foi duro, porque ele não queria ouvir", continuou.

"A partir daí, não consegui voltar ao nível a que tinha estado. Estava a lutar tanto mentalmente como fisicamente. Havia as coisas fora do campo com a minha mãe e a sua batalha contra a depressão. Já falei sobre isso antes, e não é disso que trata esta história - mas isso também me afetou. É a minha mãe, sabes? Não jogar só tornou as coisas piores. Mas quando finalmente joguei, mesmo quando estava novamente em forma... não era eu. (...) Os jogos passavam-me ao lado como se eu não estivesse lá. Como se eu fosse um fantasma", concluiu Lingard.