Mourinho: três propostas recusadas e o cesto da roupa como esconderijo

Mourinho: três propostas recusadas e o cesto da roupa como esconderijo

Treinador português falou à beIN Sports.

José Mourinho revelou este sábado já ter recusado três propostas de trabalho desde que abandonou o comando técnico do Manchester United, em dezembro.

"Já recusei três trabalhos, porque sinto que não é aquilo que eu quero", afirmou à beIN Sports.

O técnico português relembrou ainda uma engraçada e misteriosa história quando estava na liderança do Chelsea, quando se escondeu num cesto da roupa, em 2005, para a partida dos quartos de final da Liga dos Campeões frente ao Bayern de Munique. Tudo porque havia sido castigado com dois jogos de suspensão e queria estar perto dos seus jogadores.

"Precisava de estar com os meus jogadores e fiz isso, sim", admitiu.

"Fui para o balneário durante o dia, por isso estive lá desde o meio-dia e o jogo era só às 19h00. Eu apenas queria estar no balneário quando os jogadores chegassem. Cheguei e ninguém me viu, o problema foi sair depois. O roupeiro pôs-me no cesto da roupa, que estava um bocadinho aberto para que eu pudesse respirar", explicou.

"Mas quando ele estava a tirá-lo para fora do balneário, os homens da UEFA estavam a segui-lo e desesperados para me encontrar, então fechou a caixa e eu não conseguia respirar. Quando a abriu, estava a morrer", concluiu, bem-disposto.