Mourinho pede calma com Marco Ianni: "Façam como eu fiz"

Mourinho pede calma com Marco Ianni: "Façam como eu fiz"

Treinador-adjunto do Chelsea festejou golo do empate na cara de Mourinho, o que causou alguma tensão no final da partida

José Mourinho voltou ao tema de Marco Ianni, adjunto de Maurizio Sarri no Chelsea, para pedir calma no tratamento que se deve dar ao jovem treinador italiano. "Não estou feliz com a hipótese de despedirem o rapaz, penso que não merece mais do que já teve. Pediu desculpas, aceitei-as. Merece uma segunda oportunidade, não merece ser despedido. O clube foi forte com ele, que reconheceu que estava errado. Espero que façam como eu fiz, não estraguem a carreira do rapaz, provavelmente é um bom rapaz, um treinador com potencial. Para mim a história acabou quando me pediu desculpa. Deixem-no trabalhar. Todos cometemos erros. Eu cometi muitos."

O treinador português falou na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com a Juventus, para a Liga dos Campeões.