Mourinho sobre o Chelsea: "A minha casa vai continuar a estar a 200 metros..."

José Mourinho ficou conhecido como 'Special One' na primeira passagem pelo Chelsea, entre 2004 e 2007

 foto EPA

Português abordou a instabilidade diretiva que paira no ar em Stamford Bridge

José Mourinho concedeu esta terça-feira uma entrevista exclusiva à Sky Sports, na qual abordou, entre vários temas, a instabilidade que vive o Chelsea, um dos clubes mais marcantes da carreira.

O técnico da Roma mostrou-se confiante de que o clube continue a lutar por títulos, mesmo que no futuro não tenha tanta capacidade financeira como sob a presidência do russo Roman Abramovich.

"É um momento difícil [para o Chelsea] e até o consegues sentir ao nível do futebol, porque perderam aquele nível de excelência e estabilidade. Mas isto é de momento. Se me perguntares se tenho alguém que gostaria que assumisse as rédeas do meu Chelsea, eu dir-te-ia que sim, mas não diria quem", começou por dizer.

"Eu só sei que o clube atingiu um nível tão alto que não interessa quem está lá, o Chelsea será sempre o Chelsea e a minha casa continuará a estar a 200 metros do estádio. Eu quero continuar a ouvir o som da felicidade e do sucesso e estou convicto de que assim será", avançou Mourinho.