Imprensa inglesa revela os milhões que o Tottenham vai pagar a Mourinho

José Mourinho viu terminada a ligação ao Tottenham

 foto EPA

Clube inglês anunciou a saída do treinador esta segunda-feira.

O Tottenham anunciou esta segunda-feira a saída de Mourinho do comando técnico e a imprensa inglesa rapidamente tratou de fazer as contas aos milhões que terá de desembolsar. Segundo o The Independent, o clube londrino irá pagar qualquer coisa como 15 milhões de euros pela rescisão de um contrato que ligava as partes por mais duas temporadas.

Um dia depois de ser anunciado como membro fundador da nova Superliga, a "bomba" que ameaça a hierarquia do futebol, o Tottenham descartou o técnico luso, no qual apostou em 20 de novembro de 2019.

Com Mourinho deixa o clube a restante equipa técnica, formada pelos portugueses João Sacramento e Nuno Santos, pelo venezuelano Carlos Lalín e pelo italiano Giovanni Cerra, com Ryan Mason a assumir o comando técnico interinamente.

"José e a sua equipa técnica estiveram connosco durante alguns dos nossos momentos mais desafiantes como clube. José é um verdadeiro profissional, que demonstrou uma enorme resiliência durante a pandemia. A nível pessoal, gostei de trabalhar com ele e lamento que as coisas não tenham corrido como ambos desejávamos", disse o presidente do clube, Daniel Levy.

O Tottenham foi o oitavo clube da carreira de Mourinho, depois de Benfica, União de Leiria, FC Porto, Chelsea, Inter Milão, Real Madrid e Manchester United.

Ao longo da carreira, Mourinho conquistou duas Ligas dos Campeões, duas Ligas Europa e os campeonatos em Portugal, Espanha, Itália e Inglaterra, entre outros troféus.