Número de autogolos no Euro'2020 iguala somatório das 15 edições anteriores

Número de autogolos no Euro'2020 iguala somatório das 15 edições anteriores

Autogolo de Pedri, da seleção espanhola, diante da Croácia, foi o nono autogolo do Euro2020. O número iguala os autogolos somadas todas as 15 edições anteriores.

O primeiro dos 112 golos já marcados em 41 jogos neste Euro'2020 era um presságio. O turco Demiral mandou a própria baliza diante da Itália, no primeiro jogo da competição. Mas não seria o único, nem mesmo uma exceção. Depois dele, já oito jogadores fizeram "igual". O último foi o médio Pedri, de Espanha, esta segunda-feira, diante da Croácia.

O autogolo do centrocampista espanhol foi o nono do atual torneio, o que significa que só nesta edição já houve tantos golos marcados na própria baliza como os que foram somados nas... 15 edições anteriores!

Em 2016, no certame vencido por Portugal, foram marcados apenas três autogolos. Em toda a história, o Euro tinha apenas nove golos na "baliza errada" - agora já são 18. Os guarda-redes são os que mais têm colaborado: só na presente edição "falharam" Szczesny (Polónia), Martin Dúbravka (Eslováquia) e Hradecky (Finlândia).

O guardião Unai Simón, da Espanha, poderia ter sido o quarto guardião da lista. Após recuo de Pedri, o "portero" falhou o domínio e a bola foi parar ao fundo da baliza. A UEFA considerou, no entanto, autogolo de Pedri.

- Confira a lista de todos os autogolos em Europeus:

1960 a 2016: 9

11 de junho de 2021 a 28 de junho de 2021: 9

Lista de autogolos:

Turquia-Itália: 0-3
Demiral, da Turquia, para a Itália.

Polônia-Eslováquia: 1-2
Szczesny, da Polónia, para a Eslováquia.

Eslováquia-Espanha: 0-5
Dúbravka e Kucka, ambos da Eslováquia, para a Espanha.

Filandia-Bélgica: 0-2
Hrádecky, da Finlándia, para a Bélgica

Alemanha-França: 0-1
Hummels, da Alemanha, para a França.

Portugal-Alemanha: 2-4
Rúben Dias e Raphael Guerreiro, ambos de Portugal, para a Alemanha.

Croácia-Espanha: 3-5

Pedri, da Espanha, para a Croácia.