Marcelo analisa situação pandémica em Sevilha para decidir presença no jogo de Portugal

Marcelo analisa situação pandémica em Sevilha para decidir presença no jogo de Portugal
Redação com Lusa

Tópicos

Presidente da República ainda não decidiu sobre a presença - ou não - no jogo entre Portugal e Bélgica.

O Presidente da República tem Certificado Digital Covid, mas está a analisar a situação pandémica em Sevilha para decidir sobre a sua deslocação no domingo para assistir ao jogo da Seleção Nacional.

Esta posição foi transmitida pela Presidência da República, depois de questionada pela Lusa se o chefe de Estado se deslocará no domingo a Sevilha para assistir ao jogo dos campeões da Europa contra a Bélgica.

"O Presidente da República, que dispõe do Certificado Digital Covid, que lhe permite, como a qualquer outro cidadão na mesma situação, deslocar-se para fora da Área Metropolitana de Lisboa, nos termos da resolução do Conselho de Ministros de ontem [quinta-feira], está a analisar a evolução da situação pandémica em Sevilha, para tomar uma decisão final sobre a deslocação", respondeu a Presidência da República à agência Lusa.

Esta sexta-feira, ao fim da manhã, a Assembleia da República aprovou a autorização pedida pelo Presidente da República para se deslocar a Sevilha no próximo domingo.

O projeto de resolução para assentimento do parlamento à deslocação do chefe de Estado a Sevilha foi aprovado com os votos favoráveis de todas as bancadas, mas teve a abstenção do deputado único da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo.

"A Assembleia da República resolve, nos termos da alínea b) do artigo 163.º e do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, dar assentimento à deslocação de Sua Excelência o Presidente da República a Sevilha, no dia 27 de junho [domingo], para assistir ao jogo de Portugal, no âmbito do Europeu de Futebol 2020", lê-se na resolução aprovada.

Na quinta-feira, em Guimarães, Marcelo Rebelo de Sousa referiu-se à questão da sua eventual presença em Sevilha.

"Eu próprio já que tinha dito ontem [quarta-feira] que gostava muito de ir, pensei para comigo mesmo que eu só vou se o morador em Lisboa comum puder ir, se não puder ir, não vou", disse.

Tal como no fim de semana passado, a proibição de circulação para dentro ou para fora da Área Metropolitana de Lisboa (AML) mantém-se a partir das 15h00 desta sexta-feira e até às 6h00 de segunda-feira, mas quem tenha um certificado digital ou um teste negativo à covid-19 pode passar.