Final do Europeu ainda rende mágoas: "Doeu-me muito porque odeio Mancini"

Final do Europeu ainda rende mágoas: "Doeu-me muito porque odeio Mancini"

Antigo jogador do Manchester City e Chelsea, Wayne Bridge revelou que derrota dos "Três Leões" na final do Europeu o entristeceu ainda mais pela desavença que teve com Roberto Mancini.

Uma semana desde o fim da competição, o Euro'2020 ainda continua a ter repercussões. Desta vez, foi o antigo lateral-esquerdo Wayne Bridge que admitiu ter ficado magoado com a perda dos ingleses para os italianos em especial por uma razão: a desavença pessoal com o selecionador da Azzurra Roberto Mancini.

"Doeu-me muito porque odeio Mancini. Toda a gente sabe que não tenho simpatia por ele. Não diria que é o pior com quem trabalhei, mas, taticamente, não é assim tão bom", começou por dizer ao jornal britânico The Sun.

Os dois trabalharam juntos entre 2010 e 2011, no Manchester City. Bridge revela que não guarda boas lembranças do período. "Tive um desentendimento com ele. Mas depois ficámos alguns meses e demo-nos bem, mas não gostei dos treinos. Treinávamos formações contra manequins", recordou.