Fernando Santos lembra frase forte em palestra: "Muitos estavam com ar desconfiado"

Fernando Santos lembra frase forte em palestra: "Muitos estavam com ar desconfiado"

Declarações de Fernando Santos em entrevista à TVI, transmitida na noite desta terça-feira.

Profecia de 2016: "A maioria dos jogadores já estava preparada e, tal como eu, tinha essa convicção. Era residual o grupo que não tinha essa convicção Quando cheguei em 2014, no primeiro estágio, disse que o objetivo era chegar ao Europeu, atingir a final e vencer. Lembro-me de nessa palestra muitos estarem com ar desconfiado. Muitos eram miúdos e outros se calhar também tinham essa dúvida. Foi uma afirmação que depois começaram a interiorizar."

A diferença: "Já fomos campeões e antes nunca tínhamos sido. Muitos colegas se calhar acreditavam como eu e estiveram muito perto. Chegámos à final e meias-finais. A grande diferença entre 2016 e 2021 é que antes não tínhamos sido campeões da Europa. Em 2019 [Liga das Nações] foi a consolidação do ganhar."

O que pensam as outras seleções: "Pensam o mesmo, é outra grande diferença em relação a 2016. As potências do futebol sempre olharam para Portugal como um adversário difícil, mas achavam sempre que Portugal não iria ganhar. Tinham respeito, mas era um bocadinho 'jogam bem mas não ganham'. Foi-se criando isso. A partir de 2016 eles disseram 'calma, agora também ganham'. Quando te habituas a ganhar, vemos o que acontece."

Palavra aos portugueses: "Sabem que podem contar connosco. Vamos lá com tudo como sempre fizemos. Também temos a certeza que contamos com eles. Vamos juntos, vamos todos, vamos a eles".