Euro'2020: casa de apostas indica Bélgica como favorita nos "oitavos"

Euro'2020: casa de apostas indica Bélgica como favorita nos "oitavos"

Portugal, adversário dos belgas na fase a eliminar, tem menos nove por cento de hipóteses de seguir em frente. Caso o consiga, Itália é apontada como o mais provável próximo oponente

A seleção da Bélgica é apontada como ligeira favorita a vencer o duelo com Portugal, no próximo domingo e relativo aos oitavos-de-final do Campeonato da Europa de 2020, segundo a casa de apostas Solverde. O adversário do vencedor deverá ser a Itália.

A Bélgica detém 41% de probabilidade de triunfar no Estádio La Cartuja, enquanto Portugal fica-se por 32% de hipótese de seguir para os quartos-de-final, embora Ronaldo seja o marcador mais provável (48%) do desafio e até o melhor marcador da competição, na qual já igualou o recorde de golos de Ali Daei.

A supracitada casa de apostas portuguesa indica que, à semelhança do emotivo duelo com a França, relativo à fase de grupos do torneio, o jogo com a Bélgica deverá ser imensamente propício a haver golos, já que há apenas 14% de hipóteses de isso não acontecer no reduto localizado em Sevilha.

O mesmo parecer estatístico da Solverde aponta que o vencedor do jogo dos oitavos-de-final entre Portugal e Bélgica tem uma séria probabilidade de enfrentar a Itália, invicta e em grande forma neste Euro, nos quartos-de-final do Euro'2020.

A equipa orientada por Roberto Mancini, vitoriosa nos três duelos na fase de grupos, tem 67% de hipóteses de derrotar a Áustria (esta agarra-se a somente 14% de chance de ultrapassar a azzurra), em Londres, num outro jogo dos oitavos-de-final.

Quanto ao triunfo final na prova de seleções, a casa de apostas Solverde indica que a França, atual campeã mundial e finalista vencida na última edição do Euro, é a principal favorita (21%) a roubar o título a Portugal, seguindo-se a Inglaterra, a Itália e a Alemanha (14%).

A Seleção Nacional, classificada como a oitavo favorita a subir à tribuna presidencial para ser novamente coroada, tal como em 2016, terá apenas oito por cento de hipóteses de manter o troféu na vitrine da Cidade do Futebol.