Ronaldo levou "nem pensar" como resposta: "Disse que o relvado era uma vergonha"

Ronaldo levou "nem pensar" como resposta: "Disse que o relvado era uma vergonha"

Antigo colega de equipa do astro português recorda episódio já dos tempos de treinador.

Gary Neville partilhou o balneário do Manchester United com Cristiano Ronaldo durante várias temporadas e a boa relação entre ambos manteve-se mesmo após o término da carreira do lateral inglês.

Mais tarde, viriam a encontrar-se em Espanha, com o astro português ao serviço do Real Madrid e Neville no papel de treinador do Valência. E foi aí que protagonizaram um episódio insólito, antes de um jogo entre as duas equipas no estádio Mestalla, casa do clube "che".

"A nossa estratégia passava por deixar o relvado bem alto e sem rega, para que a bola não ganhasse velocidade. A nossa esperança era desacelerar Cristiano Ronaldo e também Gareth Bale", começou por contar à Sky Sports. "Parecia um campo de agricultura", acrescentou.

Quem não ficou nada satisfeito foi... Ronaldo: "Antes do jogo, ele veio ter comigo e disse que o relvado era uma vergonha, pediu para cortar. Eu respondi 'nem pensar, não há hipótese'. Não havia maneira de ele passar por nós nessa noite", rematou Gary Neville.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS