Rangnick incrédulo com Ronaldo: "A atitude que tem aos 37 anos não é normal"

Rangnick incrédulo com Ronaldo: "A atitude que tem aos 37 anos não é normal"
Redação

Astro português evitou derrota do Manchester United na receção ao Chelsea (1-1)

Após o empate com o Chelsea (1-1), na 37ª jornada da Premier League, que coloca o Manchester United praticamente fora da próxima edição da Liga dos Campeões, Ralf Rangnick abordou as principais falhas da equipa, que considera estar a atravessar uma grande quebra de "confiança".

"Na primeira parte tivemos alguns problemas e precisámos de algumas boas defesas do David de Gea. Na segunda parte estivemos melhor, com maior controlo. Dá para ver que são [Chelsea] uma equipa de topo, não é por acaso que ganharam a Champions, nós não temos muita confiança e temos oito jogadores ausentes. E mesmo que tenha sido um empate com sorte, merecemos. Por vezes vimos o espaço livre, mas eles jogaram com o melhor onze e nós tínhamos jogadores ausentes. Tivemos problemas na defesa, não fomos compactos e físicos o suficiente", analisou o técnico à Sky Sports.

Apenas Cristiano Ronaldo salvou o United de ter mais ainda mais motivos para lamentos, após assinar o golo do empate aos 62, dois minutos depois do golo do Chelsea, numa exibição que Rangnick não deixou de assinalar pela positiva.

"Não foi apenas pelo golo que marcou, mas toda a sua exibição. A atitude que tem aos 37 anos, não é normal. Se continuar a jogar assim, como fez hoje, pode ser uma grande ajuda para esta equipa. Se estará no United na próxima época? Será uma decisão de ambos [Ronaldo e Ten Hag] quanto ao futuro, mas a exibição de hoje foi muito boa", elogiou.