"Mãe, não se preocupe porque eu vou para o Manchester United"

"Mãe, não se preocupe porque eu vou para o Manchester United"
Redação

Mãe do craque português participou no podcast "ADN de Leão"

Formado na Academia de Alcochete, Cristiano Ronaldo não passou muito tempo na equipa principal do Sporting antes de encantar Ferguson e viajar para Manchester. Dolores Aveiro, ainda assim, tem a esperança que o filho possa ainda voltar a jogar de leão ao peito.

"O Ronaldo tem de voltar para aqui, por mim já cá estaria. Ele gosta de ver os jogos do Sporting. Já lhe disse: "Filho, antes de morrer quero ver-te a voltar para o Sporting". 'Vamos ver...', disse ele. Mas se não for ele é o Cristianinho! Com a idade dele joga melhor que o Ronaldo. Na altura, o Ronaldo não tinha treinador, mas hoje o Ronaldo é o professor do filho. E ele já lhe disse: "Pai, quando formos viver para Lisboa quero jogar no Sporting". Agora está a começar no Manchester. Ver os dois juntos no Sporting era o meu sonho, era espetacular", afirmou a mãe do craque português.

Dolores comentou ainda a possibilidade do filho ter sido transferido para o Manchester City, ao invés do United, como a imprensa noticiou ao longo dos últimos dias de mercado.

"Nas televisões falava-se no Manchester City, mas ele disse-me: "Mãe, não se preocupe com o que eles estão a dizer, porque eu vou para o Manchester [United]". Eu disse que gostava muito e ele fez-me a vontade. Ver o estádio cheio, com 75 mil pessoas, a cantar o nome dele foi uma emoção muito grande", referiu Dolores Aveiro, com conversa com Guilherme Geirinhas.