JN: agente de viagens desviou 288 mil euros do cartão de crédito de Ronaldo

JN: agente de viagens desviou 288 mil euros do cartão de crédito de Ronaldo
Redação

De acordo com o Jornal de Notícias, também as empresas de Jorge Mendes, Gestifute e Polaris, bem como Nani e Manuel Fernandes foram lesados pela funcionária.

Cristiano Ronaldo foi burlado, durante mais de três anos, por uma funcionária de uma agência de viagens que tinha acesso aos cartões de crédito craque português e respetivos códigos, avança este domingo o Jornal de Notícias.

De acordo com as mesmas informações, a funcionária, de 53 anos, lesou o agora jogador do Manchester United em 288 mil euros, valor correspondente ao de 200 viagens que o craque nunca realizou.

Ainda segundo o JN, também as empresas de Jorge Mendes, Gestifute e Polaris, bem como Nani e Manuel Fernandes, foram lesados em 350 mil euros.

O Jornal de Notícias diz ainda que a mulher, de Vila Nova de Gaia, foi condenada pelo Tribunal do Porto, em 2017, a uma pensa suspensa de quatro anos, estando a indemnizar o antigo patrão com pagamentos mensais.

Leia o artigo na íntegra no JN.