Fisco espanhol devolve dois milhões a Cristiano Ronaldo

Fisco espanhol devolve dois milhões a Cristiano Ronaldo

Internacional português vê a sua multa reduzida de 18,8 para 16,7 milhões de euros.

Cristiano Ronaldo já não terá de pagar 18,8 milhões de euros ao fisco espanhol, uma vez que lhe foi reduzido o valor da multa em dois milhões de euros, avançou esta sexta-feira o jornal espanhol "El Mundo".

De acordo com a publicação espanhola, essa redução deve-se ao facto de se ter concluído que o internacional português tinha liquidado 2,1 milhões de euros como IVA, em Espanha, em dezembro de 2014, pela cedência dos direitos de imagem ao empresário Peter Lim, sem que fosse obrigado a fazê-lo.

Cristiano Ronaldo tinha aceite pagar 18,8 milhões de euros ao fisco espanhol, para pôr fim ao processo movido contra si por alegada fuga aos impostos.