Cristiano Ronaldo: "O Euro'2016 foi a cereja no topo do bolo"

Cristiano Ronaldo: "O Euro'2016 foi a cereja no topo do bolo"

Para Cristiano Ronaldo, 2016 foi o melhor ano que podia ter a nível coletivo e individual, mesmo não tendo ganho o campeonato espanhol pelo Real Madrid.

Esta quinta-feira, Cristiano Ronaldo saberá se foi considerado o Melhor Jogador da Europa, pela UEFA, uma nomeação para a qual concorrem Gareth Bale, seu colega de equipa no Real Madrid, e Antoine Griezmann, do Atlético Madrid.

Em entrevista à World Soccer, a dois dias de se saber o vencedor, Cristiano Ronaldo disse ter vivido em 2016 provavelmente o melhor ano da sua carreira a nível de troféus coletivos, mesmo não tendo sido campeão espanhol.

"A nível de troféus foi o meu melhor ano. Depois de ganhar a Champions, vencer o Euro 2016 pelo meu país foi a cereja no topo do bolo de um ano extraordinário para mim. À parte dos troféus, nunca tive um ano melhor, tanto individual como coletivamente. Fui o melhor marcador da Champions, fiz um bom Europeu e ganhámos dois troféus importantes», afirmou.

"Desde que o prémio foi instituído, estive quase sempre nos nomeados. Em quatro edições fui nomeado em três, se não estou em erro, e, por isso, é uma honra", comentou, destacando ainda, relativamente ao Real Madrid, a importância que a chegada de Zinedine Zidane ao comando técnico teve no desempenho do Real Madrid.