Cristiano Ronaldo nega acusações: "Considero a violação um crime abjeto"

Cristiano Ronaldo nega acusações: "Considero a violação um crime abjeto"

Investigação por alegada violação do astro português foi reaberta pela polícia de Las Vegas.

Foi através do Twitter que Cristiano Ronaldo reagiu esta quarta-feira à reabertura da investigação por alegada violação a Kathryn Mayorga, num caso que remonta a 2009, por parte da polícia de Las Vegas.

"Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero a violação um crime abjecto, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito. Não vou alimentar o espectáculo mediático montado por quem se quer promover à minha custa", escreveu o astro português numa primeira publicação, prosseguindo:

"Aguardarei com tranquilidade o resultado de quaisquer investigações e processos, pois nada me pesa na consciência", rematou Ronaldo.

O capitão da Seleção Nacional já tinha abordado a polémica através de um direto no Instagram. "'Fake news' [notícias falsas]. Querem promover-se à custa do meu nome. É normal. Querem ser famosos usando o meu nome. Faz parte da minha profissão. Sou um homem feliz, e está tudo bem", reagiu Ronaldo no domingo, depois de a revista Der Spiegel ter abordado o assunto.