Benzema fala da relação com Ronaldo dentro de campo: "Eu tinha de me adaptar"

Benzema fala da relação com Ronaldo dentro de campo: "Eu tinha de me adaptar"
Redação

Benzema e Cristiano Ronaldo partilharam o ataque do Real Madrid durante alguns anos e fizeram muito sucesso.

Depois da saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid, Karim Benzema assumiu maior protagonismo na equipa, passando a ser o principal goleador. O avançado francês assume que agora tem mais preponderância - diz que cria e finaliza as ocasiões de golo - e que antes tinha de se adaptar ao estilo de jogo do internacional português, que era "muito mais eficaz" e faturava mais.

"Quando o Ronaldo jogava no Real Madrid, marcava entre 50 a 60 golos por época. Portanto, eu tinha de me adaptar a essa realidade. Devia movimentar-me de modo a dar-lhe vantagem no campo, a criar espaços para ele. Ele era muito mais eficaz do que eu e eu fazia-lhe assistências, mas também ele a mim. Quando saiu, o que mudou foi que passei a ser eu o principal responsável de marcar golos e fazer assistências aos meus companheiros de equipa. Não jogo como o Cristiano e ele não joga como o Benzema e o meu jogo não se tornou mais natural desde a saída dele. Não passei de tenente a líder. Mas sim, não querendo dizer que o jogo agora passa todo por mim, sou eu que crio e finalizo as situações de golo. No Lyon também era assim. Quando o Cristiano estava cá, era mais eu a criar as ocasiões e ele a finalizá-las", apontou Benzema em entrevista à revista France Football.