Ingleses revelam puxão de orelhas de Ronaldo: "Perguntou se não tinham vergonha..."

Ronaldo apontou o golo que deu o triunfo ao Manchester United sobre a Atalanta

 foto Twitter/CristianoRonaldo

Internacional português foi duro com os companheiros no intervalo do United-Atalanta, revela o "The Sun".

A derrota que se verificava ao intervalo do jogo com a Atalanta, por dois golos sem resposta, na Liga dos Campeões, terá tirado Cristiano Ronaldo do sério. O jornal sensacionalista ​​​​​"The Sun" publicou este sábado os bastidores do ocorrido no balneário dos red devils e o puxão de orelhas do internacional português aos companheiros - o que, afinal, acabou por resultar na reviravolta e vitória da equipa por 3-2.

De acordo com o jornal inglês, uma fonte revelou que "Cristiano dirigiu-se a toda a equipa e disse aos companheiros que o desempenho era inaceitável".

"Ele perguntou se os colegas não tinham vergonha e disse que não era assim que o Manchester United atuava diante de seus próprios adeptos. Ronaldo disse que eles precisavam vencer o jogo e, se não o fizessem, talvez não se classificassem para a próxima fase da Liga dos Campeões", acrescentou o "The Sun".

Foi então que o treinador Ole Solskjaer terá assumido a palavra e disse que o jogo poderia ser vencido no segundo tempo. Outro português, Bruno Fernandes também falou ao intervalo. O médio disse ao treinador que é necessário mudar a tática.

Toda a discussão deu certo. Rashford (53'), Maguire (75') e, por fim, Cristiano Ronaldo (81') garantiram a remontada do United e a vitória diante da equipa italiana para chegar à liderança do grupo F da Champions.