Cristiano Ronaldo quer ser indemnizado pelo advogado de Kathryn Mayorga

Ronaldo

 foto EPA

Internacional português considera que o advogado teve uma "conduta vexatória e de má-fé"

Após a acusação de violação de Kathryn Mayorga contra Cristiano Ronaldo ter sido rejeitada por uma juíza dos Estados Unidos, a ESPN garante esta quinta-feira que o capitão da Seleção Nacional está a pedir uma indemnização ao advogado da modelo norte-americana.

De acordo com a fonte, o astro português está a pedir 3,27 milhões de reais, cerca de 600 mil euros, a Leslie Stovall, que representou Mayorga no caso em que acusou Ronaldo de a ter violado num hotel em Las Vegas em 2009.

"Dados os abusos e flagrante má conduta de Stovall, deve ser responsabilizado pessoalmente por garantir que Ronaldo seja reembolsado por ter tido de se defender contra a sua conduta vexatória e de má-fé", afirmou o advogado de CR7, que incluiu honorários que dizem respeito a 1200 horas de trabalho na ação judicial.

Já em 2019, a justiça dos EUA havia decidido não processar o CR7 por falta de provas. Um juiz recomendou o arquivamento da denúncia por considerar que estava sustentada por documentos libertados para a Imprensa. Já em junho, uma última magistrada sustentou que Cristiano Ronaldo fora prejudicado pela ação do referido advogado.