Abel Xavier para o povo moçambicano: "Peço desculpas pelo falhanço"

Abel Xavier para o povo moçambicano: "Peço desculpas pelo falhanço"

Selecionador do Moçambique chora a eliminação

O treinador da seleção moçambicana de futebol, Abel Xavier, viu com tristeza o falhanço na qualificação para a fase final da Taça das Nações Africanas de 2019.

"Obviamente é com muita tristeza que falhámos o objetivo. Falando concretamente do jogo, nós tínhamos definido uma estratégia. Penso que entrámos muito bem no jogo, fomos dominantes e o golo da Guiné-Bissau parte de uma situação inofensiva. Permitimos, sem grande caudal ofensivo, que pudessem estar à frente do resultado no final da primeira parte", começou por analisar Abel Xavier sobre o embate deste sábado em Bissau que terminou com um empate a duas bolas.

O antigo internacional português, que falava em conferência de imprensa depois do jogo, afirmou que na segunda parte fez uma "retificação do ponto de vista técnico" e que a equipa entrou mais forte e conseguiu empatar.

"A consequência do nosso jogo dominante fez com que conseguíssemos empatar. Tivemos mais domínio e conseguimos marcar", afirmou, salientando que foi um "pormenor" que deixou Moçambique fora da competição.

Aos jornalistas, Abel Xavier disse que Moçambique merecia estar na CAN, deixando uma palavra ao povo moçambicano, que "ansiava" pela presença da sua seleção numa grande competição, após muitos anos de ausência.

"Eu peço desculpas pelo falhanço do objetivo e obviamente analisarei de uma forma mais profunda, porque foi um golpe muito duro", disse.