Gabão dispensa Aubameyang e Lemina da participação na CAN

Gabão dispensa Aubameyang e Lemina da participação na CAN
Redação

Dupla, ausente dos dois primeiros jogos na competição, apresentou "danos cardíacos" após cumprirem um período de isolamento e testarem negativo à covid-19

Pierre Aubameyang e Mario Lemina, duas maiores figuras do Gabão, foram dispensados pelo selecionador do país, por complicações físicas devido ao coronavírus, e nem sequer se estrearam na Taça Africana das Nações (CAN).

""Não podemos correr o risco. Há ainda o aspeto psicológico, que se tornou insuportável para eles. Dadas as preocupações médicas, tomámos a decisão de mandá-los de volta para os clubes para que possam receber tratamento e se recuperarem", disse Patrice Neveu.

Aubameyang e Lemina, jogadores do Arsenal e do Nice, estiveram ausentes do jogo inaugural do Gabão ante as Comores, ao testar positivo à covid-19 quatro dias antes, e também do duelo, da segunda jornada da CAN, contra o Gana, no passado sábado, mesmo em estado negativo.

Segundo a federação gabonesa, o avançado e o médio apresentaram "danos cardíacos", após as respetivas infeções contraídas, e não foram opções para Neveu na anterior jornada. O Gabão está no segundo lugar do grupo C, com quatro pontos, a dois do líder Marrocos.