CAN'2021: Argélia perde com Costa do Marfim e termina a defesa do título

CAN'2021: Argélia perde com Costa do Marfim e termina a defesa do título
Redação com Lusa

Argelinos, que viram Mahrez desperdiçar um penálti antes do 3-0, estiveram em desvantagem ao intervalo e terminam a defesa do troféu com... apenas um ponto somado

A Argélia, detentora da Taça das Nações Africanas (CAN), constitui a grande deceção da competição, ao ser esta quinta-feira eliminada, após a derrota frente à Costa do Marfim, por 3-1, na última jornada do Grupo E da prova.

A seleção argelina já perdia ao intervalo por 2-0, incapaz de travar os golos de Franck Kessie, médio dos italianos do AC Milan, aos 22 minutos, e de Ibrahim Sangare, centrocampista dos holandeses do PSV Eindhoven, aos 39.

Na segunda parte, a Costa do Marfim ampliou a vantagem para 3-0, aos 54 minutos, por Nicolas Pepe, avançado do Arsenal, liquidando definitivamente as hipóteses de os campeões em título poderem prosseguir na competição, de nada valendo o golo de honra argelino, aos 73, por intermédio do médio Sofiane Bendebka.

De referir que o internacional argelino Ryad Mahrez, uma das estrelas dos ingleses do Manchester City, desperdiçou um penálti, aos 60 minutos.

A Argélia despede-se, assim, prematura e ingloriamente da CAN2021, tornando-se na grande deceção da prova, na qual somou duas derrotas, frente à Guiné Equatorial (1-0) e à Costa do Marfim (3-1), e nem sequer foi capaz de ganhar a uma das seleções mais fracas, a Serra Leoa, com a qual empatou sem golos.

No outro jogo que encerrou o Grupo E, a Guiné Equatorial qualificou-se para os oitavos de final, ao vencer a Serra Leoa por 1-0, graças a um golo do médio Pablo Ganet, que alinha no Múrcia, do quarto escalão do futebol espanhol.

A equipa da Serra Leoa desperdiçou um penálti, aos 85 minutos, pelo avançado Kei Kamara, e viu o médio Kwane Quee ser expulso aos 90, por acumulação de cartões amarelos.

Com estes resultados de hoje, a Costa do Marfim, que venceu o grupo, com sete pontos, e a Guiné Equatorial, com seis, garantiram o apuramento para os oitavos de final da prova, enquanto a Serra Leoa, com dois pontos, e a Argélia, com um, regressam a casa.

De notar que se apuram para os oitavos de final da competição os dois primeiros classificados dos seis grupos, mais os quatro melhores terceiros da fase de grupos.