CAN'2021: Zaidu já tem marcada a viagem de regresso ao FC Porto

Zaidu e a seleção nigeriana estão fora da CAN

 foto AFP

A Tunísia vai agora defrontar nos quartos de final da CAN a seleção do Burkina Faso, que hoje eliminou o Gabão

A Tunísia eliminou um dos principais favoritos à conquista da Taça das Nações Africanas (CAN) de futebol, a Nigéria, ao vencer por 1-0, apurando-se para os quartos de final, onde vai defrontar o Burquina Faso.

O golo que valeu a qualificação da Tunísia foi marcado no início da segunda parte, aos 47 minutos, pelo médio Youssef Mskani, que alinha no Al Arabi, atual sexto classificado da I Liga do Catar.

O apuramento da Tunísia face à Nigéria não deixa de ser surpreendente, tendo em conta que a seleção norte-africana se qualificou para os "oitavos" como um dos melhores terceiros classificados, num grupo em que somou apenas uma vitória, frente à frágil seleção da Mauritânia, e duas derrotas, perante a Gâmbia e o Mali, ambas por 1-0.

Por seu lado, a Nigéria obteve a qualificação no Grupo D, somando nove pontos fruto de três vitórias, uma delas frente a um dos candidatos ao título, o Egito, treinado por Carlos Queiroz, e mais duas frente ao Sudão e à Guiné-Bissau.

Pela seleção nigeriana alinhou durante os 90 minutos o jogador do FC Porto Zaidu, cujo regresso prematuro ao Porto constitui, seguramente, uma boa notícia para o treinador portista Sérgio Conceição.

De referir, ainda, que a Nigéria ficou reduzida a 10 unidades a partir do minuto 66, quando o avançado dos ingleses do Everton Alex Iwobi foi expulso com cartão vermelho direto.

A Tunísia vai agora defrontar nos quartos de final da CAN a seleção do Burkina Faso, que hoje eliminou o Gabão, na série final de penáltis, depois de um empate a um golo no final do tempo regulamentar e do prolongamento.