"Se alguém vir uma foto minha numa discoteca, demito-me e devolvo os salários"

"Se alguém vir uma foto minha numa discoteca, demito-me e devolvo os salários"
Francisco Sebe

Treinador do Almería não gostou de ver o seu profissionalismo questionado.

Vivem-se dias difíceis no Almería, equipa que milita na II Liga espanhola e que atravessa um momento menos positivo, sem qualquer vitória nos últimos quatro jogos.

A juntar a isso, surgiram recentemente rumores sobre a alegada presença do treinador Guti - antigo craque do Real Madrid - numa festa com os jogadores num estabelecimento de diversão noturna da cidade andaluza, algo que foi desmentido pelo técnico de forma veemente.

Aliás, Guti foi mais além e fez questão de frisar que levou a mal os pontos de interrogação colocados em redor do seu profissionalismo. "Têm sido dias difíceis para mim e para a minha família. Esse rótulo que posso ter tido no passado volta a fazer-se sentir, mas estou muito tranquilo. A minha vida é regrada, levanto-me cedo para estar com o meu filho, ir para o trabalho, voltar para a minha família... Não tenho tempo para mais nada", começou por referir, prosseguindo com uma promessa:

"Se alguém vir uma fotografia minha em algum local de Almería, não só com os jogadores, mas também sozinho, numa discoteca, apresento a demissão e devolvo todo o dinheiro que o Almería me deu até agora. Nunca estive com os jogadores, tenho a consciência tranquila", asseverou Guti, que sucedeu ao português Pedro Emanuel no comando técnico da equipa, que é terceira classificada no segundo escalão do país vizinho.

De recordar ainda que o departamento de formação do Almería é coordenado por Mário Silva, com a equipa B a ser treinada por Nandinho.