"Prosinecki acordava às 3 ou 4 da manhã e acendia um cigarro. Aborrecia-me"

"Prosinecki acordava às 3 ou 4 da manhã e acendia um cigarro. Aborrecia-me"
Redação

Zvonimir Boban curiosos momentos quando partilhava o quarto com o antigo companheiro.

Zvonimir Boban e Robert Prosinecki foram dois craques que brilharam, sobretudo, nos anos 80 e 90 e deram-se a conhecer com o título mundial de sub-20, em 1987, com a camisola da Jugoslávia. O antigo jogador do Milan, agora com 53 anos, lembra que o convívio com o antigo companheiro nem sempre era fácil e boa parte da culpa era do... tabaco.

"Lembro-me muito do Robert Prosinecki porque ele aborrecia-me. Começou a fumar Marlboro vermelho aos 13 anos e quando tinha de partilhar o quarto com ele não era divertido. Acordava às 3 ou 4 da manhã e acendia um cigarro. Eu dizia-lhe 'Robi, isto não pode ser, como podes fumar a esta hora?' Ele respondia 'vai à merda, Zvone'", lembrou Boban.

Prosinecki, da mesma idade, teve como pontos altos as passagens por Real Madrid e Barcelona. Fez também parte da célebre equipa do Estrela Vermelha campeã europeia em 1990/91, numa final ganha ao Marselha nas grandes penalidades.