Pink disposta a pagar multa da seleção feminina de andebol de praia da Noruega

Pink disposta a pagar multa da seleção feminina de andebol de praia da Noruega
Redação

Cantora norte-americana considera que a Federação Europeia de Andebol é que "devia ser multada por sexismo"

Pink, cantora norte-americana, ofereceu-se para pagar a multa de 1500 euros aplicada pela Federação Europeia de Andebol à seleção feminina da Noruega por ter usado calções em vez de biquíni - equipamento regulamentado - no jogo do Campeonato da Europa contra a Espanha.

"Estou muito orgulhosa da equipa feminina de andebol de praia da Noruega por protestar contra as regras sexistas do seu equipamento. A Federação Europeia de Andebol devia ser multada por sexismo. Estiveram bem, miúdas. Ficarei feliz por pagar a multa por vocês, continuem assim", escreveu Pink na sua página do Twitter.

A cantora norte-americana partilhou na publicação uma fotografia onde posam as seleções masculina e feminina, comparando os equipamentos das duas equipas. "Isto é sexismo!", defende. "Portanto, ou deixam que as mulheres usem o mesmo equipamento que os homens ou façam com que os homens joguem de Speedos (fato de banho curto, em formado de cueca)", apontou Pink.