Rayo Vallecano exibe faixa contra o racismo... e acaba multado

Rayo Vallecano exibe faixa contra o racismo... e acaba multado

Rayo Vallecano, onde alinha o português Bebé, teve uma manifestação contra o racismo, mas não avisou e paga por isso.

Manifestações contra o racismo são bem-vindas no futebol, mas ao Rayo Vallecano saiu caro. O clube de Madrid, que atua no segundo escalão espanhol, foi multado em 30 mil euros por ter entrado em campo com uma faixa onde se lia "Goleando o racismo". A coima foi proposta pela Comissão contra a Violência, Racismo, Xenofobia e Intolerância no Desporto. Paradoxal?

A dita comissão justifica a medida com o facto de não ter sido informada com antecedência, não tendo, por isso, tempo para avaliar a manifestação de forma prévia. O episódio ocorreu no passado dia 11 de fevereiro, frente à equipa B do Sevilha e que o Rayo venceu por 2-0, tendo o português Bebé como suplente utilizado.

No segundo escalão espanhol, o clube ocupa o segundo posto, estando, por isso, bem encaminhado para regressar ao convívio dos grandes na próxima temporada.