Cuenca aceita oferta, mas La Liga impede transferência por duvidar do salário apresentado

 foto Reprodução/Facebook Isaac Cuenca

Isaac Cuenca já alinhou em clubes como Barcelona ou Ajax

Isaac Cuenca, que rescindiu contrato com o Hapeol Be'er Sheva, viu a transferência para o Reus ser abortada pela Liga Espanhola, que não aceitou o salário acordado entre o ex-Barcelona e o clube que milita no segundo escalão.

Depois de ter abandonado a formação israelita, a ideia de Cuenca passava por regressar ao clube da cidade natal como jogador livre, mas o órgão que gere os destinos do futebol profissional do país vizinho barrou a inscrição, colocando dúvidas quanto ao salário que surge no vínculo entre extremo de 27 anos e o Reus. Ou seja, acredita que o valor declarado é inferior ao real.

No Twitter, Cuenca não escondeu a indignação com a decisão tomada pela Liga Espanhola. "Resolvi a minha situação com o Hapoel Be'er Sheva, renunciando a ofertas interessantes para voltar a Espanha. Decidi aceitar a proposta do Reus, porque é o clube da minha cidade natal. Além disso, queria jogar em casa depois de algum tempo fora e para poder reencontrar-me com um futebol de máximo nível, como é o espanhol", escreveu o ex-Barcelona.

"Para minha surpresa e apesar dos esforços do clube, a La Liga negou-se a inscrever-me com o argumento de que o meu salário, independentemente do que acordei com o clube, estava num nível muito superior ao que estava estabelecido no contrato. Aceitei a mesmas condições económicas que os outros jogadores que se inscreveram. No entanto, a La Liga não atuou da mesma maneira no meu caso. Continuarei a trabalhar para jogar em Espanha", acrescentou Cuenca.