Insólito: há quem queira que o coração de Maradona acompanhe a seleção argentina

Insólito: há quem queira que o coração de Maradona acompanhe a seleção argentina

A ideia parte de um grupo de adeptos que deseja que o coração do "El Pibe" esteja presente na comitiva argentina durante o Mundial do Catar

Da Argentina surge uma das histórias mais insólitas dos últimos tempos. Um grupo de adeptos quer que o coração do lendário Diego Maradona, falecido no dia 25 de Novembro de 2020, acompanhe a comitiva da seleção de Leo Messi no Mundial do Catar.

Um dos representantes desta iniciativa, Javier Mentasti, explicou a ideia à rádio Rock and Pop.

"Parece estranho, mas é o desejo que temos. A notícia era que o coração em determinado momento estava no Ministério Público. O corpo foi enterrado sem coração. A ideia é que todos ouçam e entendam a ideia e que a compartilhemos como argentinos e se possível"

Mentasti falou ainda das motivações por detrás desta iniciativa, e afirma que o próprio Maradona iria querer que esta ideia fosse posta em prática.

"Existem questões técnicas e emocionais, mas a iniciativa está lançada e queremos que seja apoiada por todos. Confiamos que Deus, com 10 no meio, ajudará isso a acontecer. Tenho certeza que é o que ele queria. Se pudéssemos perguntar-lhe, ele teria dito que sim. Que vá e acompanhe, que suba ao autocarro, vá para o hotel, vá para Ezeiza (instalações da Federação Argentina) e esteja com os jogadores."