"Sabemos que é David contra Golias, mas podemos apanhar o Sporting em dia mau..."

"Sabemos que é David contra Golias, mas podemos apanhar o Sporting em dia mau..."

Manuel do Carmo, presidente do Sacavenense, reagiu ao sorteio da Taça de Portugal.

O presidente do Sacavenense, Manuel do Carmo, está "emocionado" com o sorteio da Taça de Portugal e garantiu que o clube de futebol do Campeonato de Portugal vai ser um adversário com personalidade e digno da grandeza do Sporting.

"Desportivamente é dar tudo naqueles minutos em campo e tentar enganar o Sporting. Sabemos que é David contra Golias, mas com algumas armas, alguma sorte, podemos apanhar o Sporting em dia mau e dar a volta. Era a cereja em cima do bolo. Sabemos que é difícil, mas são 11 contra 11. Vamos estar a lutar", prometeu.

As partidas da terceira eliminatória da Taça de Portugal estão agendadas para o fim de semana de 21 e 22 de novembro, sendo que todas as equipas da I Liga vão jogar na condição de visitantes, no terreno dos clubes das divisões inferiores.

"Vamos fazer todos os possíveis para que o jogo seja em nossa casa, pois temos um sintético novo, colocado em agosto. Infelizmente, se for à porta fechada, não há problema de segurança que às vezes nos colocam nos encontros com os clubes grandes", acrescentou.

Manuel do Carmo tinha o "palpite" de que ia receber o FC Porto, contudo era-lhe indiferente qual dos três grandes lhe caísse em sorte, uma vez que ser anfitrião de qualquer um deles é "motivo de orgulho" para si, todos os sacavenenses "e a própria cidade".

"Não vamos temer nada, apenas respeito. O Sporting é da I Liga. Sabemos bem as nossas capacidades, não digo [que vamos jogar] olhos nos olhos, mas com muitas ganas, garra e muita vontade de tentar superar. Todos na estrutura estamos envolvidos", vincou.

O presidente elogia o Sacavenense, uma equipa "bem organizada, com maturidade e muita juventude, com alguma qualidade individual", e assegura que todos os desafios são encarados com o mesmo "espírito e vontade de ganhar", confiando na possibilidade dos lisboetas pouparem alguns jogadores, o que abre outras perspetivas para a surpresa.

"O Sporting não vem em passeio, mas acredito que o "mister" Rúben Amorim pode poupar alguns jogadores e será mais fácil. Não estou a pedir nada. Acredito que não vem passear, mas para passar. Não vai querer perder. Às vezes há tomba-gigantes na Taça, que seja o caso do meu Sacavenense", concluiu.