"Não posso dizer o que me vem ao pensamento, tenho dois filhos pequenos a ver"

"Não posso dizer o que me vem ao pensamento, tenho dois filhos pequenos a ver"
Redação com Lusa

Tópicos

Ricardo Silva, treinador do Fafe, comentou eliminação na Taça de Portugal, frente ao Belenenses, após derrota por 3-2 no prolongamento.

Análise: "Há muita coisa que me vem ao pensamento, mas não posso dizer, porque tenho dois filhos pequenos a ver e não quero que me vejam a disparatar. O sentimento é difícil expressá-lo por palavras. Represento uma grande instituição, uma grande cidade, dou os parabéns aos meus jogadores por aquilo que foi o jogo. Demonstrámos toda a qualidade que existe neste clube e nesta divisão. Tiraram-nos da próxima eliminatória, [impediram-nos] de continuarmos o nosso sonho, mas fica uma imagem extremamente positiva.

Penálti que deu o 2-2: "O juiz interpretou que era penálti. As pessoas a auxiliar o árbitro disseram-me que o videoárbitro estava a dizer-lhe que não era penálti. Daí ter ido consultar o videoárbitro. O sentimento é de frustração [pela grande penalidade ter sido marcada]. Estávamos a 15 ou 20 segundos do fim do desafio, íamos ganhar o jogo por 2-1. Se fosse assim, estaríamos aqui felizes, com um encaixe financeiro importante e com os jogadores felizes por poderem continuar na Taça de Portugal e disputar um jogo no Estádio da Luz, com um dos maiores clubes do mundo [Benfica].

Média de idades: "Temos uma média de idades baixíssima neste plantel. Há muita gente que quer catapultar a carreira com este tipo de jogos. Sentimos que algo nos foi tirado. Mas estes jogadores terão mais jogos deste calibre pela frente."