Luís Godinho: CA emite comunicado e pede intervenção das autoridades

Luís Godinho: CA emite comunicado e pede intervenção das autoridades

A propósito das ameaças recebidas pelo árbitro do Braga-FC Porto.

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol emitiu um comunicado a propósito das ameaças recebidas por Luís Godinho e respetiva família, depois do polémico jogo entre Braga e FC Porto, para as meias-finais da Taça de Portugal.

"O Conselho de Arbitragem foi informado pelo árbitro internacional Luís Godinho da existência de ameaças, que também foram feitas a familiares, no seguimento do jogo desta quarta-feira à noite, em Braga. As ameaças recebidas estão a ser tratadas como algo extremamente grave. Também nas últimas horas, voltaram a ser disponibilizados nas redes sociais os contactos telefónicos de árbitros, o que constitui um incitamento à violência e um insuportável atentado à privacidade e serenidade dos agentes de arbitragem", surge escrito.

"O CA condena de forma veemente estas ameaças, que infelizmente não são uma novidade no futebol nacional, e deseja que as autoridades policiais sejam capazes de intervir e levar perante a justiça quem age desta forma vil. Todos os clubes e agentes desportivos devem unir-se e repudiar, de forma inequívoca e firme, este tipo de ameaças. Estamos certos de que tal sucederá", completa.