Aves elimina Rio Ave: oito golos, prolongamento e decisão no último penálti

Aves elimina Rio Ave: oito golos, prolongamento e decisão no último penálti

A equipa avense foi mais forte nos penáltis, depois de ter anulado uma desvantagem de dois golos. Aves chega pela primeira vez às meias-finais da Taça de Portugal

O Aves marcou presença nas meias-finais da Taça de Portugal ao eliminar o Rio Ave nas grandes penalidades, depois de um empate (4-4) nos 120 minutos.

Em Vila do Conde, a formação orientada por Miguel Cardoso marcou primeiro, por intermédio de Marcelo, aos 17 minutos, mas Defendi, cinco minutos após o início da segunda parte, fez o empate.

Por intermédio de Tarantini (53') e João Novais (75'), o Rio Ave chegou ao 3-1 e parecia que a eliminatória estava resolvida, mas este jogo louco ainda tinha muito para contar.

Aos 89 minutos, Amilton reduziu para 3-2 e Arango, praticamente na jogada seguinte, apontou o empate.

O jogo seguiu para prolongamento e o Aves esteve em vantagem pela primeira vez: Arango, aos 105 minutos, bisou. No entanto, Gelson Dala, em estreia com a camisola do Rio Ave, apontou o 4-4 com que se chegou ao fim dos 120 minutos.

No desempate por penáltis, só um jogador falhou, o último. Adriano Facchini defendeu o remate de Bruno Teles e o Aves fez a festa em Vila do Conde.

Nas meias-finais, a equipa orientada por Lito Vidigal, que foi expulso na primeira parte (o professor Neca passou a guiar a equipa desde o banco), vai encontrar o Caldas, que eliminou o Farense. A eliminatória disputa-se a duas mãos.