História na Taça, cabelo rapado e feito do Mafra destacado por Marcelo e Cristina Ferreira

História na Taça, cabelo rapado e feito do Mafra destacado por Marcelo e Cristina Ferreira
Cristina Aguiar

Tópicos

O triunfo em Portimão foi sinal da força do "sentimento de pertença" e fez Ricardo Sousa cumprir a promessa feita aos seus adjuntos.

Um marco histórico e menos cabelo em Ricardo Sousa! A promessa de rapar a cabeleira fora acertada com os seus adjuntos em caso de vitória em Portimão e assim aconteceu. "É normal fazermos promessas que não sejam difíceis de cumprir, então a contrapartida terá de ser boa. Achei que era boa se ganhassem o jogo e quando acabou já não falavam de outra coisa", conta o treinador que conduziu o Mafra às meias-finais da Taça de Portugal, deixando para trás o primodivisionário Portimonense, por 4-2.

Um resultado que, à primeira vista, parece simples, mas não foi bem assim. "O que aconteceu é que olhámos para o jogo com seriedade extraordinária e os meus meninos desempenharam tudo o que tínhamos trabalhado. E tiveram uma coisa muito importante: sentimento de pertença", destacou.

Ricardo Sousa sabe bem o que isso significa e o efeito que tem num grupo. "Apesar das dificuldades que tivemos, com 21 jogadores infetados com covid-19, conseguimos incutir um ritmo extraordinário dadas as condições físicas que os jogadores apresentavam. Eles tiveram a hombridade de olhar para o lado, conseguiram dar um fôlego extra pelo seu colega quando este mais necessitava", enalteceu.

Gui Ferreira e Pedro Lucas marcaram um golo, cada, depois de terem feito "apenas um treino desde 29 de dezembro", aponta o treinador que viu ainda Bura, um central de 33 anos, fechar as contas, de penálti. "Ele continua com muita vontade de ganhar", sublinhou.

Bura concorda: "A idade não é um problema e ainda tenho muito para conquistar, como o que está acontecer agora. Nunca tinha chegado tão longe na Taça."

Ricardo Sousa também quer seguir em frente, pois "não há sonhos impossíveis. Já ganhei uma Taça pelo Beira-Mar, numa altura em que todos diziam ser impossível".

Cristina Ferreira ficou "orgulhosa"

O feito do Mafra não passou ao lado de craques e VIP. Marcelo, lateral-direito do Real Madrid que estava em conversações com os responsáveis do clube para investir no Mafra, como O JOGO revelou em junho, elogiou a façanha: "Parabéns a todos. Seguimos", escreveu na sua conta do Instagram.

Já Cristina Ferreira, apresentadora da TVI, na mesma rede social, mostrou-se "orgulhosamente saloia". "Notícias do dia: O Big está a ferver, houve debate entre Rio e Costa e o Mafra ganhou. Agora só torço para que cheguem à final", publicou.