"FC Porto? A malta mais jovem pode não voltar a ter a oportunidade"

"FC Porto? A malta mais jovem pode não voltar a ter a oportunidade"

Os dois golos sofridos, a derrota e a eliminação para o FC Porto não foram motivos para levar à mágoa o guarda-redes João Marreiros. Aos 27 anos, o capitão da equipa comemorou a oportunidade de ter enfrentado pela primeira na carreira "uma equipa da dimensão do Porto".


Derrota sem dor: "Sem dúvida foi uma experiência boa. Tenho 27 anos e na Taça de Portugal foi a primeira vez que joguei com um grande como FC Porto. Tive a oportunidade de jogar com uma equipa da dimensão do FC Porto. A malta mais jovem pode não voltar a ter a oportunidade de jogar com uma equipa desta dimensão.

Estratégia no jogo: "Preparamo-nos para ganhar. Encarámos o FC Porto como um adversário que poderíamos ganhar, mas não aconteceu. Sobressaiu-se a vontade do FC Porto, mas saímos bem e contentes com o feito frente a equipa desta dimensão".

Respeito em excesso ao Porto: Respeitámos, mas o mérito da vitória foi do FC Porto. Em alguns momentos a nossa equipa podia ter jogado de forma mais ofensiva, a aplicar um jogo mais fácil, valorizar a bola. Mas nem sempre foi possível por mérito do FC Porto. Caímos, mas com dignidade".

Campeonato de Portugal: "Voltamos com mais coragem e mais confiança após jogar com uma equipa como esta. Temos que aproveitar a inspiração e buscar avançar lá para cima campeonato".