Serpa fez história: "É um grito do Alentejo e do interior"

Grande festa no balneário do Serpa depois da histórica passagem à 4ª eliminatória da Taça de Portugal

 foto Reprodução Facebook FC Serpa

Equipa alentejana, orientada por Marcos Borges, eliminou o Covilhã, da Liga SABSEG.

O Serpa, da série F do Campeonato de Portugal, fez história este domingo ao eliminar o Covilhã, da Liga SABSEG. A equipa alentejana bateu a formação serrana no recurso aos pontapés de penálti e na página de Facebook do clube os jogadores foram naturalmente elogiados e foram muitas as felicitações de entidades locais e de sócios e adeptos.

Texto do clube
"O Serpa passou Mas é mais que isso... É um grito do Alentejo!
O Serpa passou... Mas é mais que isso... É um grito do interior!
O Serpa eliminou uma equipa profissional e deu uma inacreditável alegria às suas pessoas, habituadas a ver as grandes equipas, tão longe das suas ruas.
Rui Peta foi o herói! O guarda-redes que em três jornadas já esteve duas vezes na nossa equipa da semana, pode, com os seus colegas, defrontar, aqueles que estão tão longe das suas ruas e que só veem na televisão.
Houve magia da Taça!"

"Estes 'miúdos' provaram
que não há impossíveis"


E uma das empresas que felicitou a equipa de Marcos Borges, treinador de apenas 35 anos, pela proeza histórica, escreveu na Página do Facebook do Serpa: "É uma equipa de jovens sonhadores, humildes, que trabalham diariamente e que transbordam paixão pelo futebol! É a emoção, o brilho nos olhos, a luta, a felicidade estampada nos rostos de quem conquista, passo a passo, mais um objetivo. Estes 'miúdos' são a prova de que não existem impossíveis, quando nos dedicamos aos propósitos de alma e coração".