Sérgio Vieira após jogo com o Benfica: "Pode ser uma armadilha"

Sérgio Vieira após jogo com o Benfica: "Pode ser uma armadilha"
Redação

Tópicos

Declarações de Sérgio Vieira, treinador do Estrela da Amadora, após a derrota por 3-2 com o Benfica, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga.

Análise: "Dentro de todas as circunstâncias que nos limitaram, foi um jogo muito positivo, para todos os que entraram, todos os que prepararam a partida. Em muito momentos colocámos as nossas regras, praticámos bom futebol, tentámos ser pressionantes, contra um equipa que ainda não perdeu, um clube grande, com segundas e terceiras opções de grande qualidade. O resultado final é algo que assenta de forma natural. Podíamos ter feito mais um golo, o Benfica também. É um resultado que assenta, temos de levar as coisas boas que fizemos."

Mais coisas boas do que más? "Sem dúvida. Viemos para este jogo, não tínhamos sete jogador, à última hora perdemos dois. Chegar aqui... com alguns ajustes em cima da hora, jogadores que não têm jogado tanto, terem demonstrado uma personalidade tão forte, foi muito positivo. O entrosamento também não é o melhor para as nossas segundas e terceiras opções, mas levamos coisas muito positivas. Agora é olhar já para o próximo jogo."

Este jogo mostra que o Estrela da Amadora pode estar em palcos maiores? "Mais ou menos. Pode ser uma armadilha, todos os jogadores estão motivados nestes jogos. Nem todos os jogos vão ter estas características. Nem todos vão ter este público, nem todos os jogos vão ser a esta hora, às vezes mexe com os jogadores. Jogadores novos, a amadurecer, perdemos o jogo nos pequenos detalhes individuais, de forma natural. Coletivamente tentamos bater-nos de forma determinada. Este jogo é o elevar da fasquia, mas pode ser uma armadilha. A motivação é de forma inconsciente. Temos de perceber que os jogos têm uma história diferente. O nosso querer, ousadia, tem de ser sempre o mesmo, tem de ser intrínseco. É isso que procuramos deste grupo em crescimento."